1. BERTOL, C. D.; VIEIRA, K. P.; ROSSATO, L. G.; D’AVILA, J. V. Microbiological Environmental Monitoring After the Use of Air Purifier Ozone Generator, Ozone: Science & Engineering, 34: 225–230, 2012.
  • KHURANA, A. Ozone treatment for prevention of microbial growth in air conditioning systems – Thesis, University of Florida, 2003.
  • SUÁREZ, L.; CASTILLO, L.; MARÍN, M.; CARRILLO, G.; RÍMAC, L.; POMALAYA, J.; MENACHO, R. Estudio de la variación estacional de ozono troposférico y aerosoles del Perú relacionado a las quemas de vegetación en la Amazonía, Mosaico Cient. 3(2) 2006.
  • ARAÚJO, W. D.; ROCHA, A. E. O. L. Avaliação da qualidade do ar interno: uma experiência realizada em Brasília, Universidade Tuiuti do Paraná, 2008.
  • KILHAM, L. B.; DODD, R. M. The application of ozone for air treatment: case study of a bingo hall hvac system.
  • Formaldehyde, Residential Indoor Air Quality Guideline, April 15, 2006.
  • Formaldehyde Reference Exposure Levels, Public Review Draft: November 2, 2007.
  • BUDROE, J. D. and others. Air Toxics Hot Spots Program Risk Assessment Guidelines, may, 2005.
  • GARCIA, C. A.; STANZIOA, L.; VIEIRA, I. S.; NAVES, J. H. F. F.; NEVES, S. M. N. O gás ozônio na descontaminação de ambientes cirúrgicos, Vet. Not., Uberlândia, v. 14, n. 2, p. 37-40, jul./dez. 2008.
  1. ROMAN, V. V. L.; CARVALHO JR, J. A.; NASCIMENTO, L. F.; CESAR, A. C. G. Efeitos de poluentes do ar e doenças respiratórias utilizando dados estimados por modelo matemático, Rev. Ambient. Águavol. 10 n. 4 Taubaté – Oct. / Dec. 2015.
  1. VAZ, F. F. C.; GATTI, L. V. Análise da concentração de ozônio oriunda do oceano Atlântico Sul, Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares – IPEN.
  1. ANDRÉ, I. R. N.; FERREIRA, N. J.; CONFORTE, J. C. Análise do comportamento do ozônio estratosférico na américa do sul e vizinhanças utilizando-se imagens do satélite nimbus7/toms, Anais XI SBSR, Belo Horizonte, Brasil, INPE, p. 1117-1124, 05-10 abril 2003.
  1. CARVALHO, V. S. B.; FREITAS, E. D.; MAZZOLI, C. R.; ANDRADE, M. F. Avaliação da influência de condições meteorológicas na ocorrência e manutenção de um episódio prolongado com altas concentrações de ozônio sobre a região metropolitana de são paulo, Revista Brasileira de Meteorologia, v.27, n.4, 463 – 474, 2012.
  1. SILVA, K. C.C.; DAEMME, L. C.; MACEDO, V.; PENTEADO, R.; CORRÊA, S. M. Avaliação da tendência à formação de ozônio dos gases de escapamento de um veículo abastecido com combustíveis contendo diferentes teores de etanol, XXII Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva, Blucher Engineering Proceedings, Número 2, Volume 1, 2014.
  1. ALVIM, D. S.; GATTI, L. V; CORREA, S. M.; PRETTO, A.; ROSSATTI, C. S.; ORLANDO, J. P. Compostos Orgânicos Voláteis: principais precursores de ozônio na Cidade de São Paulo, Ciência e Natura, Santa Maria, v. 36 Ed. Especial II, p. 434–444, 2014.
  1. CHIQUETTO, J. B.; YNOUE, R. Y.; CABRAL-MIRANDA, W.; SILVA, M. E. S. Concentrações de ozônio troposférico na Região Metropolitana de São Paulo e a implementação de parques urbanos: observações e modelagem, Boletim Paulista de Geografia, v.95, p.1-24, 2016.
  1. DARIS, D.; BRANDLI, L. L.; KORF, E. P.; ROSA, F. D. Contribuição do trafego urbano na qualidade do ar em cidade brasileira de porte médio, Revista AIDIS de Ingeniería y Ciencias Ambientales, vol 9, nº 1, 16-27, abril de 2016.
  1. DUTRA, E. G.; FIORAVANTE, E. F.; FERREIRA, F. D. Emissão veicular e o ozônio troposférico na região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, 9º Congreso Iberoamericano de Ingeniéria Mecánica, Las Palmas de Gran Canaria, 2009.
  1. KIRCHHOFF, V. W. J. H. Geoquímica da média e baixa atmosfera: impactos ambientais por deterioração da camada de ozônio, Geochimica Brasilienses, 2(1): 41-52, 1988.
  • TOMASONI, M. A. Mudanças globais: a problemática do ozônio e algumas de suas implicações, GeoTextos, vol. 7, n. 2, M. Tomasoni. 141-178, dez. 2011.
  • SOUZA, A. R. Ozônio atmosférico: um filtro natural, Cad. Cat. Ens. Fis., Florianópolis, 2(3): 135-141, dez. 1985.
  • LOPO, A. B.; SPYRIDES, M. H. C.; LUCIO, P. S.; SIGRÓ, J. Radiação ultravioleta, ozônio total e aerossóis na cidade de Natal – RN, HOLOS, Ano 29, Vol. 6, 2013.
  • ARAÚJO FILHO, M. A.; FREITAS, A. M. A.; FREITAS, A. B. A.; LIMA, G. S.; POLYCARPO, I. R. C.; LEITE, L. F. I.; SILVA, P. P. S.; NEVES, H. J. P. Tratamento do ar: avaliação da eficiência de um filtro de ar adaptado a um incinerador caseiro, Anais do Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental e Sustentabilidade – Vol. 4: Congestas 2016.
  • CONFORTE, J. C.; ANDRÉ, I. R. N.; FERREIRA, N. J. Variabilidade das multiplas escalas temporal do conteúdo total de ozônio na América do Sul: análise preliminar.

TESES E DISSERTAÇÕES

  1. SANTOS, E. T. A. Educação ambiental na escola: conscientização da necessidade de proteção da camada de ozônio, Tese de especialista, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 2007.
  • ESPOSITO, M. P. Estudo da relação entre necroses foliares indicadoras de ozônio atmosférico e defesas antioxidativas em folhas de Nicotiana tabacum “Bel W3”, Dissertação de mestrado, Instituto de Botânica da Secretaria do Meio Ambiente, São Paulo, 2008.
  • YANAGI, Y. Estudo de modelos de previsão do ozônio troposférico na região metropolitana de São Paulo, Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2017.
  • ROCHA, C. R. M. Estudo numérico da influência das mudanças climáticas e das emissões urbanas no ozônio troposférico da região metropolitana de São Paulo, Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2013.
  • UZUELI, D. H. Estudo sobre o gás ozônio formado no processo de irradiação industrial com cobalto-60 e seu impacto no meio ambiente, Dissertação de mestrado, Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, São Paulo, SP, 2013.
  • NEVES, N. M. S. Formação de dispersão de ozônio na região do recôncavo baiano, Tese de doustorado, Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA, 2009.
  • FERNANDES, F. F. Marcadores microscópicos para a validação de sintomas em espécie nativa a ser empregada no biomonitoramento de ozônio, Dissertação de mestrado, Instituto de Botânica da Secretaria do Meio Ambiente, São Paulo, SP, 2015.
  • ALABARSE, P. G. Mecanismos fotoquímicos do ozônio troposférico e seus precursores na região metropolitana de Porto Alegre – RS, Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2016.
  • PAULA, J. C. F. Modelo cinético para formação do ozônio estratosférico, Tese de doutorado, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE, 2008.
  1. SILVA, I. M. O. Modelos físico-matemáticos para determinação do conteúdo do ozônio total no hemisfério sul, Tese de mestrado, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, 1983.
  1. PIMENTA, M. A. Ozônio troposférico – efeitos na saúde e no meio ambiente e diretrizes na região metropolitana de Belo Horizonte, Monografia de especialista, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, 2010.
  1. PERES, L. V. Efeito secundário do buraco de ozônio antártico sobre o sul do Brasil, Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 2013.

VICINI, L. Modelos de processo de Poisson não homogêneo na presença de um ou mais pontos de mudança, aplicados a dados de poluição do ar, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2012