A ozonioterapia é uma técnica muito utilizada na fisiatria e reabilitação de humanos em todo o mundo, por seus comprovados efeitos anti-inflamatórios e analgésicos. Pode ser utilizada para o tratamento das sinovites, osteoatrites de todos os graus (inclusive em consequência de displasias), tendinites, tendinoses, desmites, desmoses, miosites, pontos gatilho de dor, lombalgias, entre outras doenças. Em função das doses. e vias de aplicação escolhidas, tem o poder de auxiliar nas afeções ortopédicas puramente inflamatórias, de causas infecciosas ou degenerativas.

O ozônio, ao entrar em contato com tecidos e líquidos biológicos, transforma-se imediatamente em radicais livres e lipoperóxidos. Em especial, o lipoperóxido 4-Hidroxinonenal (4-HNE) formado neste processo, possui ação direta na ativação de um fator muito importante na modulação da inflamação e degeneração tecidual, o fator de transcrição celular Nrf2.

Ao ser ativado, o Nrf2 induz a produção de inúmeros antioxidantes e citocinas imunomodulatórias, tais como a superóxido dismutase (SOD), catalase, glutationa peroxidase (GPx), interleucina 4 (IL-4) e interleucina-10 (IL-10). Assim, ocorre a modulação do processo inflamatório local e controle dos sinais clínicos da inflamação, tais como dor, hiperemia, inchaços e efusões, hipertermia e perda da função tecidual. Além disso, o Nrf2 também induz à proliferação de células cicatriciais tais como os fibroblastos, iniciando a reparação tecidual.

Para desfrutar de tais efeitos, se faz necessário o uso da ozonioterapia por vias de aplicação locais e sistêmicas. Na maioria dos casos, busca-se ser assertivo na escolha das vias de aplicação do gás, por exemplo: intra-articular para tratamento de osteoatrites, perelesional para as tendinites, paravertebral para as lombalgias, intramuscular para os pontos gatilho e assim por diante. Além disso, deve-se associar técnicas sistêmicas tais como a aplicação retal e auto-hemoterapias, pois assim é possível estimular a ativação do Nrf2 de forma geral no paciente, tratando não somente a lesão, mas também suas consequências.

A ozonioterapia também pode ser associada a métodos infiltrativos com sucesso no tratamento das afecções ortopédicas, tais como o hialuronato de sódio, plasma rico em plaquetas, hidrogéis e células-tronco. Porém, nunca se deve misturar o gás diretamente na mesma seringa com estes compostos, pelo risco de destruição de suas moléculas por oxidação direta. Existem técnicas e estudos apropriados para se realizar estas associações.

Portanto, o uso da ozonioterapia como técnica de tratamento de afecções ortopédicas já é difundido em todo o mundo, com excelentes resultados publicados pela comunidade científica e pelos profissionais da saúde. 

Dica de ouro: Ao tratar afecções ortopédicas com ozonioterapia, é importante saber que quanto mais aguda a afecção, menor número de sessões serão necessárias para resolver a doença. E o contrário também é válido. Além disso, por ser uma técnica oxidativa, precisamos saber realizar o projeto terapêutico de dose, via e frequência de aplicação de forma adequada, pois excessos podem resultar em atraso da reparação tecidual.

A Ozone & Life é responsável pela produção de geradores de ozônio altamente qualificados, sendo todos eles certificados pela ANVISA. Além disso, também oferecemos outros acessórios e o serviço de calibração de geradores.

Fique por dentro dos cursos oferecidos pelo Instituto Brasileiro de Ozônio e suas Aplicações (IBO3A), com Profissionais Renomados da Ozonioterapia no Brasil e no Exterior.

Conheça os nossos cursos clicando aqui.

Leitura complementar:

Medical ozone therapy as a potential treatment modality for regeneration of damaged articular cartilage in osteoarthritis. Disponível em:

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1319562X16000498

Dra. Roberta Basile

Médica Veterinária, com Doutorado em Clínica Médica Veterinária e Especializações em Clínica e Cirurgia de Equinos, Ortopedia de Equinos, Neurociência da Dor e Neurologia Veterinária. Atua como docente universitária e diretamente no atendimento de animais há 10 anos. Possui ainda formação em Engenharia Civil e Mestrado em Engenharia Aeronáutica. Atualmente reside e trabalha na Alemanha.